Posts Tagged 'tv'

Mutantes, mas pode chamar de samba do crioulo doido

Ontem enquanto jantava na cozinha de casa, liguei a tv para me fazer companhia. Por acaso tava passando a novela dos Mutantes na Record, novela que nunca assisti um capítulo. Pasma diante da TV, perdi a fome e não parei de rir porque a novela dos Mutantes é trash, trash, que termina sendo engraçada. Só no capítulo que vi ontem tinha  seres humanos combatendo dinossauros, daí a polícia estava atordoada com os novos vampiros alados. Numa gruta dois extraterrestres em forma de rapazes bonitinhos e péssimos atores  protegiam a espada de Excalibur de  um cara vestido igualzinho o Darth Vader (?????????). Uma mutante estava triste porque não queria ser mais mutante e foi orientada a procurar a mutante com dom do amor para ser curada. Também tinha um reino das formigas, fadas, elfos  e atuações péssimas de ex globais que agora pouco se importam em atuam direitinho já que têm um salário fixo e bacana da rede Record.  Parte do Elenco: A ex- miss Natália Guimarães e o Cigano Igor, Ricardo Machi.

 

Fiquei pensando que o autor dos Mutantes, o Tiago Santiago, deve ter sido uma criança com imaginação muito fértil e agora ele é pago para ter essas alucinações. Juntou o Lost, o Heroes, o Sítio do Pica Pau Amarelo, o Senhor dos Anéis, as Crônicas de Nárnia, Harry Potter, As aventuras do Rei Arthur e os Cavaleiros da Távola Redonda, Guerra nas Estrelas e mais um monte de coisas que faz da novela um samba do crioulo doido. É  melhor assistir uma reprise dos Chaves do SBT do que ter que ver essa novela. Melhor, desliga a tv e vai ler um livro.

 

Nunca uma imaginação fértil foi tão bem remunerada,

C.

Anúncios

No Página Aberta dessa semana

Às vezes falo de televisão aqui e esqueço de dar o serviço do programa que produzo na TV Educativa. Bom, a proposta do Página Aberta é fazer um jornalismo diferenciado, com matérias maiores e que mostram os problemas, as belezas, e cultura do povo alagoano.

 

Essa semana vão ao ar duas matérias que produzi. Na primeira delas a gente mostra que Alagoas tem uma cena muito forte e representativa de bandas de reggae que tem conseguido furar o bloqueio entre periferia e centro. O som mais ouvido nas favelas da cidade tem conseguido alcançar a classe média maceioense. Bandas como a Adamahutz, Vibrações, Mandalas, Mensageiros de Jah estão na matéria que tem muita música e imagens lindas feitas com as bandas na Praia da Barra Nova. A gente trata também da relação do reggae com  a cultura rastafari, com a própria maconha e como essas bandas têm misturado o reggae com outros ritmos brasileiros. Matéria feita pela repórter Hannah Copertino.

 

Outra matéria que iremos exibir é sobre o crescimento do mercado diferenciado para cães. Escovas de chocolate e chapinha para cachorros, além de banheira de ofurô e hospitais especializados. Matéria feita pelo Luis Alberto Fonseca, vulgo Beto! Kk

 

Anotem ai os horários do Página Aberta:

Hoje ( e todas as segundas)- 19h00

 

Com reprises:

Quarta- 10h00

Sexta- 20h00

Domingo- 14h30

 

Canal 3 na tv aberta e 33 na Big TV. Ahh, temos um transmissor novo por aqui, por isso se normalmente a tv não pega na sua casa, tenta ver agora que o sinal deu uma melhorada em quase toda a cidade.

 

C.

Xuxa, “ajuda eu”!!

As chances de quem cresceu na década de 80/90 não ser um adulto normal hoje em dia são muito grandes. Isso porque os executivos das televisões na época tiveram a idéia genial de colocar garotas digamos de “temperamento duvidoso” para comandar programas  infantis. O maior exemplar do gênero? Ela mesmo: Xuxa. O que iriam fazer os pais diante da febre que Xuxa causou? Crianças se estapiando pra ter um Xuxo, uma bota de plástico  que depois inspirou Joelma do Calypso e discos. Um a cada ano. Tive quase todos. No primeiro deles o seio de Xuxa aparece de baixo da blusa transparente, no outros as fotos continuaram insinuantes. Me pergunto o que realmente fez minha mãe, uma mulher sensata e inteligente me deixar fazer parte disso. Um dos tijolos daquela Casa Rosa da Xuxa foi comprado com o dinheiro suado dos meus pais. Haha. Não me conformo como minha mãe cedeu ao meu choro banhado de manipulação emocional. Logo a minha mãe que não me dava Barbies, por serem bonecas adultas, por representarem mulheres fúteis, sem nada na cabeça, que insinuam que só pode ser aceita a mulher loira, magra e peituda e que namora um bonitão cheio da grana. (Hello, Ken!)

 

Para quem é mais jovem e já conheceu a Xuxa glamurosa, precisa ver esse vídeo para entender porque Xuxa precisava de paquitas. Notem sua  “simpatia” sem fim e um português de causar convulsões em Prof. Pasquale. Ajuda euuuuuuuu!

 

Gracias TV Cultura e Discovery Kids por um destino melhor para meus futuros filhos.

C.

Galvão e a avó do Cielo

Não é de hoje que o Galvão Bueno passa dos limites nas coberturas esportivas. A vontade que a gente tem às vezes é  a de baixar o volume da tv e ficar vendo só as imagens. Na abertura das olimpíadas desse ano Galvão só faltou comentar a purpurina da roupa da bailarina. Tá certo que tudo aquilo tem um significado e que a gente assistindo em casa, sem o roteiro da festa, não entende muita coisa. Mas nem sempre é preciso entender, basta sentir. E o Galvão querendo transmitir emoção estraga tudo.

 

Nesse final de semana o César Cielo ganhou a prova dos 50 metros da natação; Galvão, com seu sensacionalismo barato, logo começou a dedicar a vitória do atleta à sua vó. “Dona Olga, sinta-se orgulhosa”, e falava isso como se conhecesse a senhora e fosse o melhor da amigo da família, sendo que ele não é. Daí pra frente o Cielo era um mero figurante. Tudo girava em torno da Dona Olga que mandava beijos para Galvão e dizia que o amava. Quem ligou a tv nessa hora ficou sem entender….

 

E quem não tem a ESPN em casa é obrigado a ter que ficar vendo e ouvindo isso.

Galvão, menos. Bem menos.

C.

Maldito o homem que confia no telepronter

Quando eu era criança e assistia jornal da tv, a gente via o apresentador com um papel fixo na mão, olho na câmera, olho no papel, lendo tudo. E acostumei a ver jornal assim.

Depois de um tempo, os gênios do jornalismo inventaram o tal do telepronter: um computador que mostra todo o texto que o repórter deve ler logo acima da lente da câmera. Eu mesma quando estagiava, comandava um desses no AL TV da TV Gazeta. Era engraçado ver as pessoas que visitavam a tv e se deparavam com aquela geringonça. O sonho vinha por água abaixo! Porque até então todo mundo jurava que o apresentador sabia todas aquelas noticias de cor!

 

Mas como toda invenção um dia dá um laço no homem, quase tive um ataque de tanto rir ao ver o mito dos jornalistas que decoram TODAS as noticias caírem em cadeia nacional no Jornal Hoje. Deu pena da Zileide Silva, que é uma ótima repórter, mas que nesse dia foi escalada pra uma função que não é o seu forte. Vejam ai..

Colegas apresentadores: nunca confiem nessas máquinas, um dia elas ainda se vingarão de nós!

 

C.

No Página aberta dessa semana

Essa semana no programa de reportagens que eu produzo na TVE, o Página Aberta, apresentaremos duas matérias que valem a pena serem vistas. A primeira delas é sobre a Cidade de Lona, que fica ali próximo ao Aeroporto. As famílias estão ali há quase uma década sobrevivendo em condições degradantes. Governo após governo, e ninguém atenta para a situação das famílias. Estamos contando a história de algumas delas.

 

Outra matéria é sobre a literatura de cordel em Alagoas. Sempre fui encantada pelos livretos de cordel e queria fazer uma matéria contando um pouco sobre a história do cordel em Alagoas, com o perfil de alguns escritores e mostrando como anda a produção do cordel em Alagoas.

 

O Página Aberta vai ao ar na TV Educativa, canal 3 e na BIG TV, é o 33.

 

Segunda-feira, às 19h00

Reprises: Quarta, 9h30

                Sexta, 20h00

                Domingo, 15h30

 

 


A observadora

Sou Cibele Tenório, jornalista (com diploma – para total escândalo de Gilmar Mendes), webaholic, mulher de fases. Seja bem vindo!

Eu lá no twitter

  • Aprendi com @MichelleObama que nosso lema de vida deve ser : quanto mais baixo jogam com a gente, mais alto nós jogamos ❤️ 4 days ago
  • RT @modices: tomara que em 2018 a gente veja menos gordofobia disfarçada de preocupação com ~saúde~ 4 days ago

Arquivos

RSS Observatório do Cotidiano