Zanzando em SP

Pelo segundo ano consecutivo esqueci que carnaval existe. Depois de fugir pra Curitiba, fui pra São Paulo este ano no feriado. Não preciso dizer que pelas ruas de São Paulo tudo seguia tão normalmente, sem confetes, marchinhas ou qualquer lembrança da festa.

Fui a São Paulo reecontrar a Sarah, uma amiga muito querida que não via dese 2005. Foi um tempo muito precioso. Além da Sarah, encontrei o Fê que fez Eted comigo. Era praticamente uma reunião de ex-alunos e ao encontrar  a Sarinha e o Fê era como se os tivesse visto pela última vez ontem. Engraçado isso. É  como se a amizade não sofresse com a ação do tempo e da distância. Esculhambei Felipe como sempre fiz. hehehe

Que bom ouvir de Sarinha sobre seu tempo em missões na Índia e ver que Felipe não é mais o garoto que conheci com 18 anos. Não é mais um rapaz interioranao. hehe. Se vira muito bem na cidade grande e tem crescido muito em Deus. Que delícia revê-los.

Além disso encontramos com o Clebão que era obreiro em Jocum Recife. Agora ele é um senhor casado e pai de família. Sinceramente me emocionei ao visitar a casa do Clebão e ver como Deus é maravilhoso, fazendo com que o solitário habite em família e lhe dando um futuro bom. Se que muito Deus fará ainda através da vida dele.

Felipe, Sarah, eu, Zoe (bebê do Clebão), Petra, Clebão e Tony

Felipe, Sarah, eu, Zoe (bebê do Clebão), Petra, Clebão e Tony

Entre caminhadas longas pela cidade, conversas com Sarah e conhecendo gente nova senti um refrigério como há muito não sentia. Amo quando Deus usa as pessoas pra bater um papo do céu comigo. Fiquei horas em livrarias, passei com Guilherme na 25 de março e comi sanduiche de mortadela no Mercadão. Bem clichê e bem bacana. heheh

De quebra ainda consegui visitar a Rede Record, graças ao Guilherme, que é meu chefe e uma pessoa muito querida. Um mundo aquela Record, uma equipe de jornalismo enorme. E os equipamentos? Ah, os equipamentos.

Ah! São Paulo que tanta assusta os que temem ser engolidos por você, quando andei por suas ruas jurei ter tido um deja vu.

C.

Anúncios

0 Responses to “Zanzando em SP”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




A observadora

Sou Cibele Tenório, jornalista (com diploma – para total escândalo de Gilmar Mendes), webaholic, mulher de fases. Seja bem vindo!

Eu lá no twitter

Arquivos

RSS Observatório do Cotidiano


%d blogueiros gostam disto: