Tempos difíceis para os sonhadores

Quando minhas palavras forem poucas e meu sorriso for aguado, você logo saberá que alguma coisa está fora de lugar. Quando não tiver as pernas remexendo inquietas  na cadeira e do outro lado da sala você não escutar a minha voz ligeira, você vai fácil perceber que eu deixei de ser eu um pouquinho por motivo que aflige o coração. Mas não se espante não, que a dor logo passa, apesar dela insistir em ser o cultivo dessa fé. Não se espante porque a quietude é necessária quando a gente tenta entender o que ninguém parou para nos explicar. E nesse silêncio haverá tantos pensamentos gritando… É que os tempos atuais são difíceis para os sonhadores.

 

Quando meu sorriso não for largo e me faltar humor para rir até de mim mesma, não se espante não. É que a vida trai até mesmo o mais alegre e o mais livre, estamos  todos debaixo do mesmo sol e por isso mesmo vamos, todos nós, ficarmos estupefatos diante de um ser humano que pensará que somos de uma espécie diferente, esquecerá que somos feitos da mesma matéria, emoções e fragilidades  e isso, ah… isso nos magoará profundamente. Esse é lado ruim de ser gente. O  preço que a vulnerabilidade nos cobrará, por vezes irá além do que podemos pagar. Mas mesmo assim não se preocupe  que disso ninguém morre. Esse é o lado bom de ser gente: o ser humano e sua capacidade infinita de recomeçar.

 

Por mim ninguém lamente porque minha alma é calejada, tem nos pés ainda a poeira do deserto que atravessou. Aluna aplicada, aprendeu no tempo mais inóspito, na classe mais avançada. Porque agora seria diferente? Não se avexe não que já já minha alma aluna, vira professora de novo..

 

Espera só um pouquinho e não me deixe só que todo sangramento um dia estanca e não demora pra gente sorrir de novo. E por falar em sangramento, lembrei do que Gonzaguinha canta em Sangrando e faço disso meu pedido:

 

E se eu chorar

E o sal molhar o meu sorriso

Não se espante, cante

Que o teu canto é a minha força

Pra cantar

 

  

C.

Anúncios

0 Responses to “Tempos difíceis para os sonhadores”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




A observadora

Sou Cibele Tenório, jornalista (com diploma – para total escândalo de Gilmar Mendes), webaholic, mulher de fases. Seja bem vindo!

Eu lá no twitter

Arquivos

RSS Observatório do Cotidiano


%d blogueiros gostam disto: