Pushing Daisies: comédia, romance e drama na medida exata

Num pecado terrível esqueci de citar entre as minhas séries preferidas a mais nova queridinha das séries (na opinião de críticos e do público): Pushing Daisies, todas às quintas na Warner. No Brasil estamos assistindo ainda os primeiros episódios da primeira temporada, o bastante pra saber que P.D. é realmente diferente de tudo que está hoje no ar. Sempre digo que a série lembra muito os filmes do Tim Burton. Um mundo meio mágico, onde drama e comédia se misturam numa química perfeita. Roteiro impecável!!! E ainda tem romance. Ned, um homem que tem a incrível habilidade de trazer as pessoas (mortas) à vida com apenas um toque, também pode matá-las novamente ao tocá-las pela segunda vez. Ele ressuscita Chuck, um amor de infância, e agora diante da mulher amada, não pode tocá-la. As soluções que ambos tramam para poderem estar juntos são de uma doçura sem igual. Como no dia em que desejavam dançar junto e arrumaram uma roupa daquelas de apicultor para poderem realizar esse desejo. Melhor série da temporada! Recomendadíssima.

C.

 

Anúncios

1 Response to “Pushing Daisies: comédia, romance e drama na medida exata”


  1. 1 jhonatascabral 22 maio, 2008 às 12:50 am

    Uma chamada perfeita para a série seria as palavras de Fernando, o Pessoa:

    “Mas todo o traje, como não é eterno, dura tanto quanto dura; e em breve, sob a veste do ideal que formamos, que se esfacela, surge o corpo real da pessoa humana, em quem o vestimos”

    abraços imagináriossssssssssss


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




A observadora

Sou Cibele Tenório, jornalista (com diploma – para total escândalo de Gilmar Mendes), webaholic, mulher de fases. Seja bem vindo!

Eu lá no twitter

  • Soninha Guajajara, mulher foda é liderança indigena, conduzindo os protestos contra Temer em Oslo.Coisa linda de se ver. 1 day ago
  • Nada como acordar e ver as notícias de i que Temer passou ainda mais vergonha na Noruega levando chamada da primeira ministra. 1 day ago

Arquivos

RSS Observatório do Cotidiano


%d blogueiros gostam disto: